EBANX e AliExpress derrubando fronteiras há 4 anos

Muita coisa mudou nos últimos 4 anos. Em 2013, tivemos dois Papas, não falávamos em Lava Jato, e sim de Mensalão, a Seleção ainda era uma promessa para a "nossa" Copa e no entretenimento, nos familiarizamos com o termo ostentação.

Muita coisa mudou nos últimos 4 anos. Em 2013, tivemos dois Papas, não falávamos em Lava Jato, e sim de Mensalão, a Seleção ainda era uma promessa para a “nossa” Copa e no entretenimento, nos familiarizamos com o termo ostentação.

Mas além do que a mídia cobriu, muitas outras novidades impactaram e mudaram a vida de milhões de brasileiros, como o início da parceria entre EBANX e AliExpress. A partir do dia 15 de agosto de 2013, o maior e-commerce chinês do mundo se tornou acessível para 81% da população do Brasil que não tinha um cartão de crédito internacional. Do dia pra noite, Anas, Antônios, Marias e Robertos dos quatro cantos do Brasil, começaram a comprar no AliExpress pagando com Boleto Bancário.

Essa disrupção só aconteceu, porque diretamente de Curitiba, no tempo que o EBANX ainda era uma start-up, os sócios e fundadores Alphonse Voigt (CEO), João Del Valle (CTO) e Wagner Ruiz (CFO), não se acuaram diante do gigante grupo Alibaba e mesmo ainda com uma operação pequena, toparam o desafio de processar o método de pagamento local mais usado no país para o AliExpress.

Wagner, João e Alphonse
Wagner (CFO), João (CTO) e Alphonse (CEO)

Os bastidores do início dessa parceria é inspirador. Atualmente, em palestras e bate-papos com os ebankers, Alphonse relembra saudoso: “era uma empresa de cem mil funcionários, negociando com uma de 10. Mas a gente estava no lugar certo, na hora certa, com anos de experiência e prontos para ganhar aquela conta”.

A preparação para começar a processar os pagamentos de Boleto do AliExpress foi hardcore, muitas noites sem dormir desenvolvendo sistemas, criando cenários e testando funcionalidades. Foi nosso CTO que concebeu os códigos que fariam toda a operação acontecer, “provavelmente essa foi a última vez que o João pode meter a mão na massa em programação”, conta Alphonse.

Foi o início da parceria com o AliExpress que virou a chave para o EBANX. Hoje, somos 250 ebankers, parceiros de centenas de e-commerces globais e oferecemos métodos de pagamentos local não só no Brasil, mas no México, Chile, Colômbia e Peru também. No total, mais 23 milhões de latino-americanos já pagaram com o EBANX.

ebankers reunidos para celebrar
2017: somos mais de 250 ebankers

Continuamos nos guiando pelo Sonho Grande e persistindo num futuro ainda melhor, mas numa data tão importante como essa, não poderíamos deixar de relembrar o dia que fechamos a negociação com o AliExpress. Por aqui, vamos continuar trabalhando fortemente para derrubar ainda mais barreiras para que você possa realizar seus sonhos, independente de fronteiras ou método de pagamento. Enquanto isso, criamos uma lista de 100 produtos incríveis do AliExpress para você comprar e celebrar a data também.

2 comentários sobre “EBANX e AliExpress derrubando fronteiras há 4 anos”

  1. Interessante materia, porem creio que falta ainda uma coisa, por exemplo um cartão virtual mobile ou CVM , onde eu pudesse pagar minhas contas em estabelecimentos atraves do meu celular, pré carregado antes e desta forma não haveria gastos excessivos por parte do usuario e a criptografia seria mais facil de lidar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *