O que eu aprendi trabalhando com Ruby

Se você está começando a programar em Ruby, este post tem dicas valiosas do Vinícius Brasil, programador C# e ASP.NET., e agora apaixonado pela linguagem Ruby on Rails. Confira.

Se você está começando a programar em Ruby, este post tem dicas valiosas do Vinícius Brasil, programador C# e ASP.NET., e agora apaixonado pela linguagem Ruby on Rails. Confira.

Ruby

Há alguns meses tenho estudado a linguagem Ruby e no último mês comecei a trabalhar com projetos Ruby on Rails. Foi uma transição e tanto para quem estava acostumado com um stack inteiro Microsoft, com C# e ASP.NET.

Foto com linhas de código no fundo e um ruby vermelho grande do lado direito.

Escreva testes. E então escreva mais! Repita.

Os rubistas amam testes. Se você quer aplicações consistentes e confiáveis, teste-as. Nas últimas semanas tenho escrito os testes antes mesmo de escrever uma classe. Para facilitar o trabalho, existem gems fantásticas como RSpec, Capybara e FactoryBot.

Faça funcionar, e depois deixe bonito.

Essa é perigosa! Quando eu trabalhava com outras linguagens, me preocupava muito com a arquitetura, os relacionamentos entre objetos e todo o poder que a orientação a objetos te dá.
Programando em Ruby por algumas semanas, eu descobri que tenho que escrever uma classe que funcione, gastando mais tempo escrevendo o que realmente importa, para depois pensar em outros termos, se ainda fizer sentido.

O poder da comunidade é animal!

Se você precisa de ajuda com Ruby ou algo relacionado, tenha certeza de que há uma comunidade inteira pronta para a batalha. Grupos de estudos, meetups, talks, confs, fóruns e outros grupos fazem a comunidade rubista.
O Training Center tem um grupo de estudos dedicado à linguagem, o qual eu participo.

Feels just like plain English

Ler código Ruby parece ler inglês. Não dá nem pra chamar de linguagem de computador!

códigos em Ruby

Não precisa nem explicar o que esse código faz, ele por si só se explica. “Saia se frutas contém abacaxi”.

Isso reforça a legibilidade do código, que é um assunto bem abordado em “Clean Code”, a bíblia de um dos hard skills de programadores. Em resumo:

“Qualquer tolo pode escrever código que computadores podem entender. Bons programadores escrevem código que humanos podem entender.” — Martin Fowler

Tem sido uma experiência fantástica aprender uma linguagem nova que tem me ensinado muito como desenvolvedor 🚀.

Até a próxima!

 

E aí, manja de Ruby on Rails e quer inovar o ecommerce global? Fique de olho nas vagas do EBANX.

Um comentário sobre “O que eu aprendi trabalhando com Ruby”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *