Você é um desenvolvedor feliz?

Se você ainda não encontrou a felicidade em meio às linhas de código, talvez esse texto do Júlio, desenvolvedor Front End, possa te ajudar!

Se você ainda não encontrou a felicidade em meio às linhas de código, talvez esse texto do Júlio, desenvolvedor Front End, possa te ajudar!

 Photo by Nghia Le on Unsplash

Eu não sou um grande ou famoso desenvolvedor, mas hoje sou um desenvolvedor realizado e que realmente gosta, sente orgulho do que faz.

Mas, qual a receita para atingir esse nível de satisfação com o seu trabalho?

Não existe uma fórmula mágica. No mundo do desenvolvimento, especialmente no mundo do desenvolvimento web, você deve seguir alguns passos para realizar trabalhos cada vez melhores, com mais facilidade e com mais prazer.

Essas dicas servem para a galera que já desenvolve ou quer entrar no universo místico e crescente do front-end (minha área de atuação), mas certamente podem ser aplicadas em qualquer área, seja em desenvolvimento ou não.

1) Aprenda algo novo a cada dia

Seja uma nova linguagem, idioma, metodologia, um novo framework ou uma nova maneira de fazer algo antigo — exercite sempre o seu cérebro! Isso faz bem para o seu corpo e também para a sua carreira. Assim como qualquer outro músculo do corpo, o cérebro precisa de uma rotina bem definida de exercícios. Além de otimizações e descobertas em seu trabalho diário, você pode procurar exercícios em áreas específicas ou seguir repositórios como esse, da Aline Bastos, com vários desafios.

2) Registre seu progresso

As vezes a gente olha algum trabalho antigo e pensa “meu caneco, como isso deu certo?” — olhe por uma outra ótica e analise o quanto você evoluiu desde então! Vá em passos pequenos, comemore a cada nova conquista e você terá uma noção mais clara de onde você está e onde você quer chegar.

Planilhas, listas, git-flow, aqui você pode soltar a sua imaginação e utilizar todas as ferramentas que a tecnologia te proporciona!

3) Fique ligado na comunidade

Fóruns, FAQs, grupos de estudo (Facebook, Telegram), Github, Stack Overflow — sempre tem alguém precisando de ajuda e sempre tem alguém disposto a ajudar. Ajude na circulação e disseminação do conhecimento, isso fará muito bem para que você sempre esteja ligado em novas tendências, ferramentas e metodologias.

Aqui podemos citar a máxima “ensine para aprender”, pois a melhor técnica para aprender algo é ensinando outra pessoa.

4) Coloque-se no lugar do usuário

Se você tem trabalho a fazer, é sinal que o seu produto/serviço está sendo utilizado. Quanto melhor ele for, mais utilizado ele será (lógico!). Então sempre dê ao usuário uma boa experiência, uma interface de fácil assimilação e uso — se ele gostar do produto/serviço oferecido, ele certamente vai voltar e se tornará um promotor da sua marca.

Faça uso da metodologia de inbound marketing e transforme o seu visitante em um cliente e depois em um promotor do seu produto/serviço. Para chegar a esse ponto, sempre ofereça algo de qualidade e que tenha valor agregado para o usuário.

  Você utilizaria o produto/serviço que você desenvolve?

5) Saiba lidar com pessoas

No mundo você não vai lidar apenas com códigos, você também vai lidar com pessoas, que são imprevisíveis e inconstantes. Ter um bom relacionamento interpessoal é fundamental nessa área — seja com seus companheiros de equipe, clientes, família… Todo mundo tem algo a oferecer, e a maneira como você absorve essa oferta é a peça fundamental da questão.
Comunicação verbal, escrita e corporal são seus grandes aliados nesse ponto.

Muitos desenvolvedores possuem ideias fantásticas, mas na grande maioria das situações não conseguem expor essas ideias de uma maneira com que os seus colegas consigam entender — tenha um bom vocabulário, seja sempre conciso e direto na hora de expor uma opinião ou uma ideia. Além de ser um bom orador, seja também um bom ouvinte!

“A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância” — Dalai Lama

6) Saiba lidar com seu ego

Receber elogios e reconhecimento pelo trabalho bem feito é muito bom — e é algo justo também. Porém não deixe que isso se torne um motivo, mas sim uma consequência do seu trabalho. Ninguém gosta de pessoas soberbas, ainda mais no mundo da tecnologia — a humildade sempre te levará longe. Nunca deixe o seu ego atrapalhar no seu caminho rumo ao sucesso. Isso está muito ligado com uma boa relação interpessoal.

Pessoas vem e vão, mas o conhecimento sempre permanece.

7) Seja flexível e perspicaz

A cada dia surge um novo framework JavaScript — e não é brincadeira. O mundo não é dos mais fortes, mas sim dos que se adaptam mais rápido! Você não precisa saber tudo de cabeça, mas tenha uma boa noção sobre o que cada ferramenta pode ou não te oferecer, ponderando sempre a melhor escolha na hora de executar um projeto.

Escute seus colegas de trabalho, realize brainstormings e diagramas se for preciso, não tenha medo nem vergonha de pedir ajuda. Sempre tenha uma boa gama de opiniões e possibilidades para que você possa sempre ter a certeza de estar tomando uma decisão correta.

 

Julio Lozovei – Turning water and coffee into code at @ebanxlife. Curitiba based front-end developer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *